O aguapé, para quem desconhece, possui a propriedade de promover reduções de nitrogênio e fósforo, sólidos suspensos, carbono dissolvido e coliforme encontrados na água. Por esta razão, é muito utilizado no tratamento do esgoto doméstico, assim como no industrial. Além disso, é uma planta muito usada em paisagismo, por sua grande beleza.

Nossos irmãos índios se beneficiavam dela por ser também, uma planta medicinal. Suas folhas úmidas eram utilizadas contra a febre e insolação. Aproveitadas ainda em infusões, serviam como um poderoso sedativo para dores em geral.

Muito útil em lagos de jardins, essa planta pode ser usada por pequenos agricultores como fonte de energia, combustível e fertilizante.

Originária do Brasil, a Eichornia crassipes – seu nome científico – foi introduzida em vários países por causa de suas bonitas flores. Prolifera muito: em ambientes propícios pode aumentar a biomassa na taxa de 5% ao dia. Tem um poder de germinação enorme. Se for retirada completamente de um lago, para que as suas sementes germinem basta a presença de luz atravessando a lâmina d’água até o fundo.

É também conhecida por baronesa, camalote, aguapé-de-flor-roxa, dama do lago, jacinto-d"água, mureré, mureru, muriru, murumuru, mururé-de-canudo, orelha-de-veado, orquídea-d"água, parecí, pavão e rainha dos lagos.

Por meio de suas raízes, absorve também os nitratos e fosfatos sempre presentes em águas eutrofizadas, competindo diretamente com as algas pela absorção destes nutrientes. Possui propriedades filtrantes. Erga um aguapé e note a grande quantidade de detritos em suspensão que ele literalmente "segura" em suas raízes. Absorve metais pesados presentes na água, principalmente ferro, cálcio, manganês e magnésio.
Loja da Fábrica: Av. Benjamim Barroso, 245, Monte Castelo, Fortaleza-CE.
TEL (FAX): (85) 3243-2395. E-mail: aguapemodapraia@gmail.com      
Siga nos: